Dicionário Histórico-Biográfico das Ciências da Saúde no Brasil (1832-1930)
Casa de Oswaldo Cruz / Fiocruz – (http://www.dichistoriasaude.coc.fiocruz.br)

 

 

ABREU, HENRIQUE TANNER DE

Outros nomes e/ou títulos:

 

 

DADOS PESSOAIS
TRAJETÓRIA PROFISSIONAL
PRODUÇÃO INTELECTUAL
FONTES
FICHA TÉCNICA

 

 

 

 

 

 

DADOS PESSOAIS

Henrique Tanner de Abreu nasceu em 12 de Outubro de 1870, na cidade de Jaguarão, na província de São Pedro do Rio Grande do Sul (atual Estado do Rio Grande do Sul). Dados de seu falecimento são desconhecidos.

Início

 

 

TRAJETÓRIA PROFISSIONAL

Henrique Tanner de Abreu doutorou-se em medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro (1894). Nesta instituição foi preparador de medicina legal (concurso,1896), substituto de higiene e medicina legal (concurso, 1917) e catedrático de medicina legal (1925). Foi jubilado em 1938.

Trabalhou como auxiliar no Instituto Nacional de Higiene, juntamente com Oswaldo Gonçalves Cruz durante a gestão de Benjamin Antônio da Rocha Faria (1891).

Início

 

 

PRODUÇÃO INTELECTUAL

- “Contribuição ao estudo clínico das funções hepáticas”. Rio de Janeiro, 1894. Tese (Doutoramento) – Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, [s.n.], 1894.
- “Uma consulta médico legal”. 1911.
- “Das manchas de sangue. Apreciação das reações corantes”. 1911.
- “Reações micro-cristalograficas do sangue, cristais de hemina”. 1912.
- “Reações micro-cristalograficas do sangue, cristais de hemocromogenio”. 1913.
- “Espectroscopia do sangue”. 1915
- “Da albumino precipitação”. Rio de Janeiro, 1917. Tese (Concurso) – Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro: [s.n.] , 1917.
- “Hematologia Forense”. 1917.
- “Manual de necropsia forense”. 1917.
- “Diagnose da simulação de loucura. Resumo de uma prova oral de concurso”. Revista Simiatrica, Rio de Janeiro, 1917.
- “Acidente do Trabalho. Lesões corporais em virtude de explosão numa pedreira. Lição de clínica médico forense”. A Patologia Geral,1919.
- “Diagnostico generico e específico de mancha de sangue humano, antiga de 82 anos”. Gazeta de S. Paulo, São Paulo, 1920.
- “Caracterização das manchas nervosas, nomeadamente da massa cerebral”. 1928
- “Parecer em caso da aplicação do conceito de deformidade”. Arquivos da Sociedade de Medicina Legal e Criminologia de S. Paulo, São Paulo, 1928.
- “Estudo Médico Legal da capacidade civil”. Mundo Medico; Gazeta Clínica, São Paulo, 1928.
- “Medicina Legal aplicada à Arte Dentária”. 1929.
- “Vários estudos de higiene”.1929.
- “Estudo histológico das manchas de massa cerebral e de placenta”. 1930.
- “Loucos de todo o gênero”. 1930.
- “Aplicações da fotometria de Nutting aos livores cadavéricos”. 1930.
- “Manual de Necropsia Forense”. 1930.
- “Do crime e do criminoso”. 1932.

Início

 

 

FONTES

- LOBO, Bruno Alípio. A Faculdade dos meus dias. Rio de Janeiro: Access Editora, 1994. (BCOC)
- MAGALHÃES, Fernando. O Centenário da Faculdade de Medicina 1832-1932. Rio de Janeiro: Tip. A . P. Barthel, 1932. (BMANG)

Início

 

 

FICHA TÉCNICA

Pesquisa - Maria Rachel Fróes da Fonseca.
Redação - Maria Rachel Fróes da Fonseca.
Revisão – Francisco José Chagas Madureira.

Início